Twitter Facebook

Buscar
 
   
 
 
 

 

 

 

Datas

26/08/2018 - 17:50h

Oab/brusque Festeja

OAB de Brusque comemora 40 anos de fundação   Solenidade foi celebrada na noite de sexta-feira, 24 de agosto, na AABB   A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção de Brusque, comemorou seus 40 anos de fundação na noite de sexta-feira, 24 de agosto, na AABB. A solenidade contou com a presença de advogados vinculados à entidade nestas quatro décadas de história, além de autoridades, imprensa e operadores do Direito no município e região.   “É um momento de jubilo. Durante 40 anos foram enfrentados muitos percalços, sem os quais, todavia, não teria a Subseção fincado ainda mais profundos e sólidos os pilares de sua altiva trajetória em prol dos advogados e da sociedade brusquense, consolidada que está em sua sede própria, para bem abrigar os mais 700 advogados que aqui militam”, disse o presidente da OAB Brusque, Dr. Renato Munhoz, em seu pronunciamento durante o evento.   Sendo a 10ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Santa Catarina, a OAB Brusque foi fundada em 31 de agosto de 1978 e também é composta pelos municípios de Guabiruba e Botuverá.   “No primeiro semestre de 1978, o Dr. Antônio Luiz da Silva, percebendo o crescimento do número de advogados da região, se reuniu com os 18 advogados militantes da época e, juntos, resolveram se organizar e pressionar a Seccional Catarinense da OAB sobre a necessidade de fundação de uma Subseção da OAB na Comarca de Brusque, visando atender os direitos e interesses dos cidadãos e, também, viabilizar o próprio acesso à justiça, assim como salvaguardar os direitos humanos e sociais da comunidade local”, recorda Dr. Renato.   A primeira diretoria da entidade teve como presidente o Dr. Antônio Luiz da Silva, acompanhado pelo Dr. Euclides Cardeal na vice-presidência, Dr. Ivo Spoganicz como secretário-geral e Dr. Arno Ristow como tesoureiro. Desde então, foram 12 diretorias que presidiram a OAB Brusque até hoje. “Há muito que se comemorar e se orgulhar pelos advogados e advogadas que registraram e continuam registrando nas páginas da história da advocacia catarinense verdadeiros exemplos de espírito republicado e ético. E é esse espírito que esperamos comemorar pelos próximos 40, 50 ou 100 anos da Subseção de Brusque”, enfatiza Dr. Renato. Jubilamento:----- Durante a solenidade foi realizado o Jubilamento, uma homenagem prestada pela Seccional Catarinense da Ordem dos Advogados do Brasil desde 1987. O reconhecimento se destina aos advogados que completam 70 anos de idade e tenham 30 anos de efetiva inscrição na OAB/SC. O objetivo é exaltar a significativa participação no engrandecimento e dignificação da advocacia que se dá ao longo do exercício da atividade profissional.   Na oportunidade foram homenageados: Dr. Adalberto Antônio Olinger, Dr. Anilton Zanon, Dr. Antônio Baumgartner, Dr. Carlos Henrique Wehmuth, Dr. Gregório Valmor Vechi, Dr. Juarez Piva e Dr. Nilton Bambinetti.   Em nome dos sete jubilados, falou o Dr. Juarez Piva. “É sabido que os momentos não se definem pela passagem do evento. Mas, sim, pelo que eles representam. No caso em foco, ao fazermos uma reflexão sobre o tempo transcorrido de nossas vidas e toda a dedicação ao mundo jurídico, podemos afirmar e concluir como São Paulo: combatemos o bom combate, completamos a jornada e guardamos a fé”, observou Dr. Piva, logo no início do seu discurso, no qual discorreu sobre sonhos, paixão, sabedoria e vida.   “Nossa obrigação, como advogados, construtores sociais que somos, é buscar o aprimoramento do conhecimento e promover o bem estar da sociedade. Somos sempre exigidos, como ‘doutores’ que somos, mas não podemos esquecer que não ter resposta imediata não é uma desgraça. Desgraça é não possuir humildade suficiente para procurá-la. Mesmo porque o verdadeiro sábio não é aquele que sabe tudo. Mas, sim, aquele que sabe onde se encontra aquilo que ele não sabe”, ressalta Dr. Piva.   Em seu discurso inspirador, o advogado jubilando disse que sonhos são o melhor remédio para a cura de frustrações e que é preciso aprender a expor e nunca a impor as próprias ideias. “Aplico como princípio de vida e, particularmente, trago para a nossa empolgante profissão, que doar não deve ser um peso, mas uma festa, mesmo sem nada em troca receber. Investir no ser humano deve ser um prazer, sem exigir do próximo o que ele não pode nos dar. Com isso, certamente, as pessoas lhe serão gratas e a vida lhe retribuirá”, ensina....*Ideia Comunicação

 

 

 

 
 
 
 
 
 

Notícias

Abastecimento

Acidentes

Administração

Alimentos

Anunciantes

Anuncios

Arte

Assitencia Social

Aventura

Bombeiros

Camara

Câmara Federal e Senado

Campo

Capacitação

Cidadania

Cidadania

Cidades

Ciência

Clima/tempo

Coisas da Vida

Coluna

Comendas

Comercio

Comportamento

Comportamento

Comunicação

Comunicado

Comunidade

Congresso Nacional

Conhecimento

Consumidor

Corrupção

Crime

Cultura

Curiosidades

Datas

Desastres

Desenvolvimento

Destaques

Drogas

Ecologia

Economia

Educação

Eleições 2016

Emergencia

Energia

Ensino

Entidades

Entretenimento

Espaço do Leitor

Esportes

Estradas

Eventos

Família

Fenarreco

Festas

Forças Armadas

Gente

Governo

Habitação

Imprensa

Intercâmbio

Internacional

Investigação

Investimentos

Jogos

Jornal

Judiciário

Justiça

Lava Jato

Lazer

Legislação

Legislativo

Legislativo Guabiruba

Manifestações

Medicina

Meio Ambiente

Melhorias Urbanas

Mensagem

Moções

Mundo

Natal

Natureza em Foco

Obras Publicas

Ocorrencias

Opinião

Parcerias

Partidos

Perigo

Planejamento Urbano

Policia

Política

Previdência

Prisões

Produtos

Profissões

Publicidade

Resgate

Roubo

Saúde

Saúde Públca

Segurança

Sensibilidade

Serviço

Serviços Públicos

Sindicatos

Sinistros

Sociais

Solidariedade

Tecnologia

Tempo

Trabalhista

Trabalho

Transito

Transito

Treinamento

Tributos

Turismo

Utilidade Publica

Vida

Zoobotanico

 
 
Copyright © 2010 - Todos os direitos reservados para Brusque Notícias Desenvolvido por Imoveisdebrusque.com.br