Twitter Facebook

Buscar
 
   
 
 
 

 

 

 

Camara

25/04/2019 - 18:30h

Dr. Lima Anuncia o Respeito Como Temática da Nova Cartilha do Conseg

Em pronunciamento durante a sessão ordinária desta terça-feira, 23 de abril, o vereador Sebastião Alexandre Isfer de Lima, o Dr. Lima (PSDB), anunciou que o tema da cartilha do 6º Concurso de Desenho e Redação do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) é o respeito. A publicação é entregue gratuitamente, por voluntários do Conseg, em escolas das redes pública e particular de Brusque.------------   Segundo Dr. Lima, o conteúdo da cartilha - elaborado sob a orientação de psicólogos e revisado por professores - abordará a respeitabilidade pelos pais, professores e autoridades. “A intenção é que tenhamos o máximo possível de resultado”, disse o parlamentar. “Neste ano, a ação deve ser realizada em todas as escolas, alcançando aproximadamente 20 mil crianças”.-----------   “Essas histórias darão aos estudantes o ‘start’ com relação ao respeito pelos pais, professores e autoridades constituídas. Quando alguém da parte ruim da sociedade quiser influenciá-los, precocemente já terá sido semeada dentro deles a sementinha do respeito”, ressaltou.----------   “Quem vai nas escolas e faz esse tipo de trabalho, como o Conseg tem feito há seis anos, percebe que as coisas estão mudando para melhor. A educação, com certeza, é o caminho para a solução. Temos que ter paciência, aturar um pouco os que estão dentro do sistema, mas em pouco tempo faremos a transição e a mudança através da educação vai acontecer”.---------   Elogio:---- Ao abrir seu pronunciamento, Dr. Lima parabenizou o secretário de Obras do município, Ricardo de Souza, pela atuação à frente da pasta. O orador afirmou que Souza tem atendido às solicitações da Câmara Municipal independentemente de terem partido de vereadores do Bloco de Situação ou do Bloco de Oposição ao governo, que é o seu caso.-----*Assessoria     Paulinho Sestrem cobra fiscalização da Fundema para frear poluição do Itajaí-Mirim   Em pronunciamento durante a sessão ordinária desta terça-feira, 23 de abril, o vereador Paulinho Sestrem (Patriota) alertou para a recorrente poluição do rio Itajaí-Mirim, que abastece a cidade, e criticou a omissão da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) no tocante ao assunto.---------   No telão do plenário, ele exibiu imagens registradas a partir da rua Otto Heckert, nas quais uma espuma esbranquiçada corre sobre o rio, e recortes de notícias sobre ações criminosas contra o Itajaí-Mirim: “A gente entra em contato com a Fundema, mas não temos muito retorno, não vemos uma ação efetiva”, disse.--------------   “[A poluição] está nas nossas caras, na Beira Rio, onde todo brusquense passa. A obra da margem esquerda será iniciada, foram limpos as margens e os taludes, mas o mesmo tratamento não acontece com a fiscalização por parte do órgão responsável”, acrescentou. “Quem passa por ali verifica o abuso de certas pessoas que insistem em poluir o rio, na área central da cidade e também nos bairros”.--------   O parlamentar fez cobranças ao governo municipal por uma política pública de fiscalização ambiental no município. Ele pediu que as ações sejam amplamente divulgadas à sociedade e que esta receba respostas ao relatar ao poder público supostos crimes ambientais.-------   “Solicitamos ao superintendente [Cristiano Olinger] da Fundema que, se os vereadores puderem mudar alguma lei e facilitar o trabalho dele, encaminhe [a demanda] para a Câmara. Tenho certeza que o projeto será bem analisado pelas comissões para que a fundação tenha autonomia e autoridade”, sugeriu.-----------   Em apartes, manifestaram-se Marcos Deichmann (Patriota) e André Rezini (PPS), ambos de forma a contribuir com a argumentação de Sestrem e endossar o discurso do orador pela eficiência da fiscalização ambiental em Brusque, além do adequado funcionamento do serviço de plantão oferecido pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae).---------   Também em aparte, o líder do governo, Alessandro Simas (PSD), afirmou que as ações fiscalizatórias têm ocorrido, inclusive durante as madrugadas e com o apoio da Polícia Ambiental, mas admitiu que é preciso melhorar o sistema fiscalizatório.------   “Em pleno 2019, não podemos mais aceitar que uma cidade com mais de 120 mil habitantes ainda passe por essa falta de fiscalização básica”, concluiu Sestrem.-*Assessoria

 

 

 

 
 
 
 
 
 

Notícias

Abastecimento

Acidentes

Administração

Alimentos

Anunciantes

Anuncios

Arte

Assitencia Social

Aventura

Bombeiros

Brasil

Camara

Câmara Federal e Senado

Campo

Capacitação

Cidadania

Cidadania

Cidades

Ciência

Clima/tempo

Coisas da Vida

Coluna

Comendas

Comercio

Comportamento

Comportamento

Comunicação

Comunicado

Comunidade

Congresso Nacional

Conhecimento

Consumidor

Corrupção

Crime

Cultura

Curiosidades

Datas

Defesa Civil

Desastres

Desenvolvimento

Destaques

Dicas

Drogas

Ecologia

Economia

Educação

Eleições 2016

Emergencia

Energia

Ensino

Entidades

Entretenimento

Espaço do Leitor

Esportes

Estradas

Eventos

Família

Fenarreco

Festas

Forças Armadas

Gente

Gente Famosa

Governo

Habitação

Imprensa

Informe

Infraestrutura/mobilidade

Intercâmbio

Internacional

Investigação

Investimentos

Jogos

Jornal

Jornalismo

Judiciário

Justiça

Lava Jato

Lazer

Legislação

Legislativo

Legislativo Guabiruba

Manifestações

Medicina

Meio Ambiente

Melhorias Urbanas

Mensagem

Mobilidade

Moções

Mundo

Natal

Natureza em Foco

Obras Publicas

Ocorrencias

Opinião

Parcerias

Partidos

Perigo

Pesquisas

Planejamento Urbano

Policia

Política

Previdência

Prisões

Produtos

Profissões

Publicidade

Resgate

Retrospectiva 2011

Roubo

Samae

Saúde

Saúde Públca

Segurança

Sensibilidade

Serviço

Serviços Públicos

Sindicatos

Sinistros

Sociais

Solidariedade

Tecnologia

Tempo

Terror

Trabalhista

Trabalho

Transito

Transito

Treinamento

Tributos

Turismo

Utilidade Publica

Vida

Zoobotanico

 
 
Copyright © 2010 - Todos os direitos reservados para Brusque Notícias Desenvolvido por Imoveisdebrusque.com.br