Twitter Facebook

Buscar
 
   
 
 
 

 

 

 

Camara

16/08/2019 - 09:58h

Alessandro Simas Expõe Reflexos de Administrações Municipais Anteriores

Na sessão ordinária desta terça-feira, 13 de agosto, o vereador Alessandro Simas (PSD) se pronunciou a respeito de tópicos levantados pelos vereadores Leonardo Schmitz (DEM) e Paulinho Sestrem (PATRI) em falas proferidas anteriormente, na mesma sessão. Na posição de líder de governo, ele pontuou alguns esclarecimentos na tribuna, em relação ao atraso de obras que esbarram em burocracia e má gestão de governos anteriores.-----   Como exemplo, Simas citou o caso da construção da Unidade Básica de Saúde do bairro Ponta Russa, cuja continuidade depende de recursos do governo federal. Segundo informações expostas pelo orador, o Departamento Geral de Infraestrutura (DGI) do município tenta contato há dias, sem sucesso, com o órgão responsável em Brasília.-----------   “O dinheiro está lá, liberado, mas não está depositado aqui na conta da Prefeitura”, explicou. Ao abordar dificuldades de atendimento no bairro Poço Fundo, o parlamentar afirmou que a administração municipal teria a possibilidade de encaminhar os usuários para a unidade do Ponta Russa, “mas o posto não está pronto, pois ninguém em Brasília dá uma resposta”, reiterou. Ele também indicou reflexos da má gestão e não cumprimento de leis em administrações passadas: “faz com que, hoje, o município e os cidadãos estejam pagando uma conta muito alta”. Simas informou que, referente a obras públicas inacabadas que foram licitadas nos anos de 2010 e 2011, o Executivo arca,  com recursos próprios, cada vez que é realizado um reajuste de contrato. “Sai do cofre público do município, da população”, protestou.------------   Em outro exemplo o vereador denunciou: “Temos que desembolsar todo mês R$ 720 mil para pagar cerca de 100 aposentados da Prefeitura, de quando se extinguiu o instituto de previdência do município, de forma irregular”. Em desabafo, o parlamentar advertiu: “Espero que nos próximos anos, os prefeitos vejam que uma ação, uma atitude tomada como gestor para livrar o seu último ano de mandato, pode refletir lá na frente, muito pior para os prefeitos seguintes”.-------*Assessoria

 

 

 

 
 
 
 
 
 

Notícias

Abastecimento

Acidentes

Aconteceu

Administração

Alimentos

Anunciantes

Anuncios

Arte

Assitencia Social

Aventura

Bombeiros

Brasil

Camara

Câmara Federal e Senado

Campo

Capacitação

Cidadania

Cidadania

Cidades

Ciência

Clima/tempo

Coisas da Vida

Coluna

Comendas

Comercio

Comportamento

Comportamento

Comunicação

Comunicado

Comunidade

Congresso Nacional

Conhecimento

Consumidor

Corrupção

Crime

Cultura

Curiosidades

Datas

Defesa Civil

Desastres

Desenvolvimento

Destaques

Dicas

Drogas

Ecologia

Economia

Educação

Eleições 2016

Emergencia

Energia

Ensino

Entidades

Entretenimento

Espaço do Leitor

Esportes

Estradas

Eventos

Falecimento

Família

Fenarreco

Festas

Forças Armadas

Gente

Gente Famosa

Governo

Habitação

Imprensa

Informe

Infraestrutura/mobilidade

Intercâmbio

Internacional

Investigação

Investimentos

Jogos

Jornal

Jornalismo

Judiciário

Justiça

Lava Jato

Lazer

Legislação

Legislativo

Legislativo Guabiruba

Manifestações

Medicina

Meio Ambiente

Melhorias Urbanas

Mensagem

Mercado

Mobilidade

Moções

Mundo

Natal

Natureza em Foco

Obras Publicas

Ocorrencias

Opinião

Parcerias

Partidos

Perigo

Pesquisas

Planejamento Urbano

Policia

Política

Previdência

Prisões

Produtos

Profissões

Publicidade

Resgate

Retrospectiva 2011

Roubo

Samae

Saúde

Saúde Públca

Segurança

Sensibilidade

Serviço

Serviços Públicos

Sindicatos

Sinistros

Sociais

Solidariedade

Tecnologia

Tempo

Terror

Trabalhista

Trabalho

Transito

Transito

Treinamento

Tributos

Turismo

Utilidade Publica

Vida

Zoobotanico

 
 
Copyright © 2010 - Todos os direitos reservados para Brusque Notícias Desenvolvido por Imoveisdebrusque.com.br